quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

AUMENTA O DESEMPREGO NO BRASIL


A taxa de desemprego no Brasil chegou a 9% no trimestre encerrado em outubro de 2015. Levantamento do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) mostra que no trimestre anterior, maio-junho–julho, a taxa de desocupação estava em 8,6%. No período agosto-setembro-outubro de 2014, o índice era de 6,6%. Os dados mostram que a população desocupada, estimada em 9,1 milhões de pessoas para o trimestre encerrado em outubro, cresceu 5,3% em relação ao período anterior, o que representa 455 mil pessoas fora do mercado. O aumento é de 38,3% na comparação com o mesmo período de 2014, o que representa mais de 2,5 milhões de pessoas. O número de pessoas ocupadas foi estimado em 92,3 milhões para o período encerrado em outubro de 2015, sem apresentar significativa variação com os períodos anteriores.
 O número de pessoas com carteira de trabalho assinada teve queda de 1% na comparação entre o trimestre encerrado em outubro e o trimestre encerrado em julho, o que representa 359 mil pessoas. Na comparação com 2014, o recuo é de 3,2%, referente a 1,2 milhão de pessoas.
O rendimento médio real habitualmente recebido por todos os trabalhos foi de R$ 1.895 para o trimestre agosto-setembro-outubro de 2015. No período de maio-junho–julho o valor era de R$ 1.907 e no trimestre agosto-setembro-outubro de 2014 estava estimado em R$ 1.914.

Fonte Jornal da Vida

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário